sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Como cuidar da vida espiritual dos filhos I DICAS IMPORTANTES

Como Cuidar Da Vida Espiritual Dos Filhos I DICAS IMPORTANTES

Graça e paz meus queridos leitores como estão?
Como está sua família em relação as coisas espirituais?
Tem sido fácil ensinar seus filhos(as) no caminho do Senhor?
Acredito que não, sou pai de 3 (duas meninas e um menino) e sei das dificuldades que encontramos para conduzi-los conforme a palavra do Senhor.
Se você chegou a esse post buscando ajuda para trabalhar na vida dos seus filhos, você está no lugar certo.
Caso ainda não tenha lido, quero indicar um texto que publiquei sobre: Os pilares da família Cristã" aqui em nosso blog ( CLIQUE AQUI E LEIA).
Com certeza esse post irá de te orientar e ajudar a fortalecer a fé familiar.

 Para começar nosso estudo, eu quero fazer uma pergunta: 
A igreja tem sido o único lugar em que seu filho tem contato com a palavra e ensinamento sobres as coisas de Deus?
Se sua resposta for SIM, você precisa entender a seguinte colocação:
" A igreja tem papel importante quanto a educação e formação espiritual, mas o ensino mais relevante e eficaz, virá da família".
Vivemos a era da "terceirização" até no mundo espiritual. Os pais não tem tempo de ficar com os filhos e  as tarefas ficam distribuídas mais ou menos assim:
Educação civil, moral e intelectual -> Escola e professores.
Educação espiritual -> Igreja e professoras da EBD/escolinha.
Isso que só estou falando nesses dois aspectos. Hoje em dia nós não dispomos de tempo para acompanhar o crescimento e desenvolvimento de nossas crianças, e infelizmente, isso reflete diretamente na qualidade e resultado tanto imediato, quanto futuro. E seguindo essa linha, será que não gostar de bíblia,oração e outros é desinteresse de nossos filhos ou falta de incentivo nosso?

Olha o que a Bíblia Sagrada diz sobre esse assunto:
Provérbios Cap. 22.
6 Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele.

Instruir o menino não é manda-lo ir sozinho, mas é estar com ele e mostrar " no caminho". Você precisa ser referência pra ele. Ainda que algumas pessoas sejam espelhos, os pais ainda são a base de tudo. Se você não for espiritual, logo seu filho seguirá seu exemplo. Se mostrar desinteresse pelas coisas espirituais, o que esperar dos seus filhos?
" as palavras convencem, mas o exemplo ARRASTA"

Vamos um pouco adiante? Leia a seguinte passagem:
Deuteronômio Cap. 6.
6 E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração;
7 e as intimarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te.
8 Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por testeiras entre os teus olhos.
9 E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas. 

Deus deu ordem através de Moisés para que os Hebreus ensinassem seus filhos nos mais variados momentos acerca da lei do Senhor.
Com isso, as crianças já cresciam conhecendo a palavra e os feitos do Deus criador.
Nunca foi terceirizado na Bíblia a educação espiritual dos filhos, há não ser em casos específicos como o de Ana e Samuel. E mesmo que usássemos o exemplo de Samuel, veremos que Ana nunca se ausentou ou deixou de acompanhar a vida espiritual do menino. Nossa geração fica duas horas no culto, após isso, volta pra casa e as crianças ficam horas e horas na frente de vídeo-games celulares e etc.
Como criaremos bons cristãos se não sentarmos com nossos pequenos e não lermos a Bíblia com eles?
Como eles serão espirituais se não sentem a realidade e responsabilidade em seu cotidiano? É hora de despertar e ensinar os nossos filhos, falar sobre a palavra, Jesus Cristo, salvação e tudo quanto for necessário para uma vida espiritual saudável. Medite no texto que acabamos de ler, e veja os lugares onde devemos falar das coisas espirituais com eles;
-Na mesa (v.7) ( Jantando, almoçando, tomando café). Ao invés de falar de filmes, séries etc. Experimente falar sobre as coisas de Deus.
- Andando pelo caminho (v.7):  Quando estiver passeando, indo para algum lugar, esse é o melhor momento para falar de Jesus. Parece fanatismo? O mundo não deixa de bombardear nossas crianças, pois são  propagandas, doutrinas, modismos,músicas, novelas, filmes e tudo quando pode influencia-los. E sabe quem vai vencer? o lado que mais é alimentado. E se nós não fizermos nossa parte, quem é que fará?
-Deitando-se e levantando-se (v.7):  Isso nos mostra como desde manhã até o entardecer devemos alimentar a vida espiritual dos nosso filhos. Nos preocupamos com o café da manhã deles não é mesmo? e que tal nesse momento abrir a bíblia e falar da palavra?. E aproveitando o gancho, porque não fazer o mesmo antes deles dormirem?

3 dicas importantes e proveitosas para usar em sua casa

1° dica: Sua família é a sua primeira igreja:
I Timóteo 3:4-5
"4 - Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia
5 - (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?);"
Como assim?
Se você compreender, que o culto começa em casa, vai ver a importância de investir na vida espiritual dos seus pequenos. A palavra de Deus diz que se alguém quer cuidar das coisas de Deus, mas não tem cuidado para com os seus, negou a fé e é pior que o infiel.
Se esforce e dedique tempo para eles, mesmo que sejam por alguns minutos, o importante é investir e após colher os frutos de um lar que busca ao Senhor. Veja seus filhos como herança, como joias preciosas e principalmente como uma alma super importante para Deus.

2° dica: Pare para ouvi-los:
 Minha experiência de pastor me ajuda nessa área, e a maior reclamação é: " Minha mãe e meu pai não me escutam". Já vi casos onde o filho (a) foi acusado de algo por um terceiro, e quando chegou em caso foi  humilhado pelos pais sem ao menos ter a chance de apenas dar sua versão ou defender-se das acusações. Isso é um tiro no pé, pois se nunca tivermos tempo para ouví-los, como é que teremos uma família unida e saudável?
Não deixe que sua relação entre pai e filho (a) vire um monólogo, onde só uma parte fala e a outra nunca pode se expressar. Pergunte pra eles o que tem os levado ao desânimo , e mesmo que a resposta seja obvia, seja paciente e aconselhe da melhor forma possível. Assim ganhará a confiança deles e será muito proveitoso e produtivo esses momentos.

3° dica: Ore por eles e com eles:
Essa dica parece muito simples, mas é a maior arma que você tem. Pois nós oramos por nossos filhos, mas quando é que vamos até sua cama  e oramos "com" eles?
Não são receitas mirabolantes que mudarão um lar, mas sim princípios básicos, que se seguidos com amor e carinho darão um grande resultado.
Entre muitas dicas escolhi essas. Com certeza poderíamos discorrer sobre muitas outras, mas em outra oportunidade conversaremos mais sobre esse assunto.
Se este post te ajudou, comente e compartilhe com outras pessoas. E se algo mudar dentro do teu lar após praticar esses ensinamentos, mande-nos seu testemunho. Será um enorme prazer divulgar para inspirar outras pessoas.
Por hoje é só pessoal. Que Deus abençoe cada um de vocês. Um forte abraço!

Escrito por: Pr. Paulo Diego Alves.

Um comentário:

  1. Deixe seu comentário ele é muito importante para nós!
    Sinta-se a vontade para elogiar, dar ideia de estudo ou falar algo sobre sua experiência em nossa página.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ele é muito importante para nós!
Sinta-se a vontade para elogiar, dar ideia de estudo ou falar algo sobre sua experiência em nossa página.

* Comentários ofensivos serão deletados.

Um grande abraço!

Att:Paulo Diego Alves

Postagem mais antiga Página inicial

Receba estudos em seu email