sábado, 24 de maio de 2014

Porque o amor não é um sentimento?



O que verdadeiramente é o amor?

"Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;"  (I Pedro 1 : 22)


Paz do Senhor Jesus meus amados.
Hoje vamos conversar sobre o verdadeiro amor, o amor demonstrado pelo próprio Jesus na cruz do calvário. 
O "mundo" fala de amor,escreve sobre ele mas o desconhece pois ainda não o conhece. como isso é possível?
Não é raro ver em reportagens que o namorado matou a namorada por amor, muitos ainda dizem que traíram ou que o casamento acabou porque acabou o amor.

Eu te pergunto:
O amor que Jesus ensinou acaba? tem fim? é limitado?

Definitivamente eu te digo que o amor não acaba porque o amor não é um sentimento.
O amor produz muitos sentimentos mais ele não é um sentimento.

Vejamos porque:

O amor é um mandamento:

"E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes."  (Marcos 12 : 31)

Se o amor fosse um sentimento não seria mandamento, mas por quê?
Deus não nos mandaria sentirmos amor, ele sabe que o homem na maioria das vezes ama: "se"... ama "porque"... e "quando" quer. Mas não é assim que nós devemos fazer. Jesus nos deixou esse grande e lindo mandamento que é amar nosso próximo como amamos nós mesmos. Isso significa que se não desejamos o nosso próprio mal não devemos desejar o mal dos outros, se nos importamos conosco devemos assim também fazer com as outras pessoas.

O amor é uma decisão:

"Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus."  (Lucas 6 : 35)

Quem ama espera algo em troca não é verdade? Mas não é assim que devemos fazer. Esse texto ali Jesus nos diz que devemos amar até os nosso inimigos.
Quem assim amaria se o amor fosse um simples sentimento? É uma decisão que todo cristão deve tomar: "Amar independentemente da situação ou condição".
Não é fácil amar aquela pessoa que te fez mal, que te caluniou. Mas Jesus nos deixou bem claro que devemos orar e amar essas pessoas, não devemos pagar o mal com o mal. Mas sim o mal com o bem.

Amar é uma decisão pois veja que ali no versículo lemos que temos que emprestar sem esperar nada em troca, pois Deus é bom até com os ingratos e maus.
Quem decide amar tem que aprender a lidar com a ingratidão, muitas pessoas sabem receber mas não sabem agradecer. Mas eu e você que somos lavados e remidos pelo sangue do cordeiro, temos que ser diferentes e fazer o bem sem olhar a quem.

O amor ultrapassa a barreira de "família e amigos"

"Ele, porém, querendo justificar-se a si mesmo, disse a Jesus: E quem é o meu próximo?"  (Lucas 10 : 29)

Lembra da parábola do Bom Samaritano?

Quando Jesus disse para um certo doutor da lei que ele deveria amar o próximo como a ele mesmo, ele o interrogou perguntando: - Mas quem é o meu próximo?

Jesus então conta a parábola do Bom Samaritano, onde um homem descia de Jerusalém para Jericó e no meio do caminho apareceram alguns salteadores o pegaram e o deixaram quase morto.
Então passa por ali onde estava o homem todo machucado um sacerdote. Que se dizia conhecedor de Deus e da sua palavra, mas ele passou de largo e não o ajudou. Logo após também passou pelo mesmo lugar um levita, alguém que também servia e tinha tarefas no templo, que tocava instrumentos na presença de Deus mas este também não parou.
Mas um Samaritano que passava ali  o viu caído e o ajudou com tudo que podia. Atou-lhe as feridas, passou a azeite e vinho, o colocou em seu cavalo e o levou até a estalagem e lá pagou todas as despesas daquele que nem conhecia.
 Jesus então pergunta: Quem  dos três foi o mais próximo daquele homem?
Respondeu o doutor da lei: Aquele que usou de misericórdia com ele.
E então Jesus diz: Então vai e fazes a mesma coisa.

É uma palavra muito profunda que nos mostra que não adianta dizer que conhece a Deus se não olhamos para os necessitados a nossa volta. Passou na vida daquele homem um sacerdote e levita e nenhum deles fez o que um estranho fez.
Será que nós temos feito diferente deles?
Quantas vidas nós encontramos em nosso dia a dia, que precisam de uma palavra e as temos negligenciado?

"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado."  (Tiago 4 : 17)

Pensemos nisso!


O amor é o maior atributo de Deus

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores."  (Romanos 5 : 8)

"Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor."  (Romanos 8 : 39)

Se procurarmos na bíblia acharíamos muitos versículos falando sobre o grande amor de Deus. Todo Cristão sabe que se não fosse esse amor não viveríamos. Deus nos amou tanto que enviou seu filho Jesus para morrer por nós.
Que pai entregaria seu próprio filho para morrer por alguém?
Deus olhou para nós, mesmos sendo ainda pecadores, mesmo deixando-o de lado, ele ainda olhou para mim e para você.
Deus não iria mandar-nos  amar se isso não fizesse parte de Seu caráter e essência. Digo pra você irmão que está lendo esse estudo agora: Não deixe de amar e fazer o bem, sei que muitas vezes nos deparamos com situações que nos entristecem, mas não podemos deixar que as tribulações e problemas nos impeçam de amar e fazer o bem.

"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor."  (I João 4 : 8)


Conclusão

Quem de nós já viu a Deus? ninguém.

Mas e como dizemos que amamos a Deus ao qual não vimos e não fazemos o bem para os nosso irmãos que estão ao nosso redor que vemos?

 "Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor."  (I João 4 : 12)

Sabemos que o amor que Deus quer de nós vai além daquilo que podemos ver. O amor que Deus tem por nós é incondicional e sem limites.
Ele nos ama, e por isso quer que assim o façamos também.

Hoje para agradecer esse amor de Deus para com você, faça o bem para alguém. Abrace,de atenção, ajude alguém que esteja necessitado e deixe que o amor de Deus invada o teu coração.


"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
  E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
  E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
  O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
 Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
  Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
  Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." (1 Coríntios 13:1-7)


Deixe seu comentário ele é muito importante para nós.
Abraços!

Escrito por: Missionário Paulo Diego Alves

6 comentários:

  1. Por amor se entregou na rude Cruz, mesmo sendo Santo Imaculado, se fez carne veio a Terra sofreu nossos sofrimentos e por amor se entregou, para que nós tivéssemos a esperança de estar com Ele,

    ResponderExcluir
  2. Aiai, as pessoas estão compreendo o amor tão mal hoje em dia..

    http://www.ezequiel-domingues.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Ezequiel, o homem de hoje tem esquecido do verdadeiro sentido da vida, que é amar.
      Obrigado pela visita que Deus te abençoe. Abraço

      Excluir
  3. Muito interessando o blog.... estou seguindo http://brunabatistaph.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela visita Bruna Batista! Visitei o seu blog e já estou seguindo-o também. Abraço

    ResponderExcluir
  5. Que o senhor continue lhe usando, ótima esta mensagem o amor e tudo e feliz e quem ama.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ele é muito importante para nós!
Sinta-se a vontade para elogiar, dar ideia de estudo ou falar algo sobre sua experiência em nossa página.

* Comentários ofensivos serão deletados.

Um grande abraço!

Att:Paulo Diego Alves

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Receba estudos em seu email