segunda-feira, 28 de abril de 2014

Betsaida nunca mais



A Paz Amados!!!


O Texto base da meditação de hoje está em Marcos 8: 22 - 26.

Ao lermos os livros dos 4 evangelhos, Mateus, Marcos, Lucas e João, que relatam o ministério de Jesus vemos que em todos os lugares pelos quais Jesus passava os enfermos eram levados até Ele, e rogavam-lhe que o tocasse para que estes recebessem a  cura e o milagre.
Tal afirmação podemos ver no livro de Marcos 6: 56 "Onde quer que ele entrasse nas aldeias, cidades ou campos, punham os enfermos nas praças, rogando-lhe que os deixasse tocar ao menos na orla da sua veste, e quantos a tocavam saíam curados."

Esta cura, este milagre em especial, vemos peculiaridades ainda não vistas nas outras curas de Jesus, que estaremos as analisando a seguir:


1. INTIMIDADE:

v 23 - Jesus tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia.

Jesus quis ter um momento PARTICULAR com este homem. Jesus o tirou do meio das pessoas e o levou para fora da aldeia. Além deste momento tremendo, proporcionado pelo Senhor Jesus, pois imagine para um enfermo o que era ter TOTAL atenção do ÚNICO que poderia mudar a sua história de vida. Jesus parou tudo o que estava fazendo e quis ter um momento somente com este homem. Compreendo este momento em duas linhas:
 1. Jesus quis demonstrar através do seu ato que para alcançarmos bênçãos e milagres é necessário ter momentos de INTIMIDADE com Ele.
2. Além disso, através desta atitude o Senhor começava a ensinar a este homem que a sua cura só poderia acontecer fora do lugar da onde ele estava.

2. CONFIANÇA:

Ainda conforme podemos ver no versículo 23 Jesus tomou o cego pela mão e o conduziu até fora da aldeia. Não foi nenhum dos discípulos, ou algum dos homens que acompanhavam o cego que fizeram isto, mas foi JESUS.
Imagine para um cego ser conduzido para algum lugar desconhecido. Ele teve que confiar em Jesus, seja em sua direção quanto ao lugar que o levaria. Se ele não confiasse e tivesse exitado, possivelmente o final desta história seria diferente.
Isto me ensina que ao tomar pela mão, o Senhor conduziu este homem até o lugar do seu milagre.
Quantas vezes o Senhor quer nos conduzir até nossas bênçãos, nos tomar pelas mãos, e pedir que apenas confiemos, mas temos deixado que o conformismo e a comodidade nos impeça de irmos ao lugar do nosso milagre.
Assim diz Jesus para você: "Se EU estou te guiando não há o que temer, eu te levarei para o lugar da bênção e do milagre, você crê?"
Nossas atitudes devem demonstrar CONFIANÇA naquele que temos CRIDO.

3. PARTICULARIDADE

Em seu ministério Jesus curou muitos cegos, mas nenhum da mesma maneira que este.
"Aplicando-lhe saliva aos olhos e impondo-lhe as mãos..."
Qual a representação da saliva neste caso? Não bastava apenas uma palavra? Não bastava apenas Jesus impor as mãos? Compreendo o uso da saliva por Jesus de duas maneiras:

A -  SALIVA = PROFUNDA INTIMIDADE

Jesus através da sua atitude proporcionou àquele homem um momento de PROFUNDA INTIMIDADE. Bem sabemos que mães comumente costumam limpar seus filhos quando não há outra alternativa com sua saliva. Algo apenas de mãe e filho. Jesus com este ato, proporcionou algo tão íntimo de Pai e Filho também, que não há como não pensarmos na emoção vivida por este homem, que Jesus parou tudo para cuidar dele, que Jesus pegou por sua mão, e fez algo que proporcionou uma profunda intimidade entre criador e criatura, entre salvador e pecador.

B-  SALIVA = PALAVRA
Sem a saliva a nossa boca fica seca não é mesmo? Uma boca seca fica sem palavras também. E o que é PALAVRA?
"Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus."
PALAVRA É VIDA.
Este homem para alcançar a sua cursa precisava de PALAVRA, o que nos leva também a entender que o problema deste homem não era apenas físico, mas também ESPIRITUAL.

4. CEGUEIRA ESPIRITUAL

v 24 Este recobrando a vista respondeu: vejo homens, porque como árvores os vejo, andando.

Este homem faz uma comparação daquilo que estava vendo com árvores, o que deixa claro que ele nem sempre fora cego. Se ele pode comparar um dia já teve visão.

Outra característica que observo é que esta cura não foi momentânea, mas sim GRADUAL. Por duas vezes Jesus lhe impôs as mãos. O que compreendo com isto?

Compreendo que com esta atitude de Jesus, juntamente com o fato dEle ter tirado aquele homem da aldeia para operar o milagre Jesus deixava claro que aquele homem havia ficado cego por conta DO LUGAR em que estava.

Sabe o que imperava na aldeia de Betsaida?
INCREDULIDADE, RESISTÊNCIA AO SENHOR, IDOLATRIA.

Quantos de nós ter perdido sua visão espiritual por conta de onde estão, ou por conta de quem está ao seu redor. Você também está em Betsaida? Ou se relacionando com pessoas de lá?

Este era o lugar que cegou aquele homem. E você? Tem perdido a essência da sua fé?
Tem perdido sua visão? Não se deixe influenciar. Não tenha comunhão com lugares ou pessoas que irão te fazer perder sua visão.

Após Jesus ter operado o milagre mandou este homem para casa (v 26) e lhe disse para não voltar mais na aldeia, deixando claro que lá era a razão de tudo que havia acontecido para com este homem, e deixando claro que ele não morava lá.

Além disto, e ainda considerando outros dois milagres de Jesus aprendo algo tão importante quanto o recebimento de um milagre, que é a MANUTENÇÃO DO MEU MILAGRE.

Nesta cura, havia a orientação para o homem de não voltar a aldeia. Para a mulher adúltera Jesus falou: "Vá e não peques mais" e para o paralítico de Betesda Jesus falou "não peques mais, para que não te suceda coisa pior".

Existem condicionalidades para eu manter o meu milagre. Por isso, se Betesda tem tirado de você a intimidade com o Senhor, tem feito com que você perca a confiança no Senhor e tudo aquilo que só você e Ele sabem que vocês viveram, saia de Betesda para receber seu milagre, e jamais volte para lá!!!




Escrito por:  Diaconisa Karina Muehlbauer


Deixe seu comentário!

0 comentários:

Deixe seu comentário ele é muito importante para nós!
Sinta-se a vontade para elogiar, dar ideia de estudo ou falar algo sobre sua experiência em nossa página.

* Comentários ofensivos serão deletados.

Um grande abraço!

Att:Paulo Diego Alves

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Receba estudos em seu email